quarta-feira, 4 de agosto de 2010

apenas para conversar.



Existem momentos em nossa vida que queremos apenas soltar as palavras, sem um sentido distinto, ou até com um sentimento embutido, mas sem preocupações de ser entendido ou não, às vezes precisamos soltar, esquecer as regras e deixar fluir o que tem de mais natural na gente, soltar nossa alma do nosso corpo e, dependendo do que está acontecendo ele se torna uma Jaula invisível para nós.

A complexidade de nossa capacidade de raciocínio cobre nossos sentimentos,para não sofrermos e às vezes não somos sinceros para nós mesmos, o que gera um bola de neve interna.

Somos seres dotados de imensa força e nossa crença em que "não somos completamente capazes" limitam nossas conquistas, sentimos que podemos tudo, mas é mais comum fingir que não sabemos isso, como sempre foi feito, então achamos a segurança no que é mais comum e não tentamos mais de uma vez, calamos nossos sentimentos por medos ou rejeições após a primeira batida no muro.
O fato é que, mesmo sabendo de tudo isso, não gostamos da Rejeição, temos medo do "não" e se levamos na cara assim tão forte, ficamos parados e achamos que esta é a natureza das coisas.

Mas faça uma coisa antes destas certezas "absolutas". olhe dentro de você localize seu coração e veja o que tem dentro, será o mais puro e sincero ato de auto-conhecimento, não cale o que te faz viver, não silencie o que faz seu sangue seguir em frente, de chances para seu coração. Perceba que para cada coisa criada no mundo e para cada idéia já expressada que existem muito sentimento em tudo.
A junção da mente + coração é a criação de uma força insuperavel, onde nao existem barreiras pois a crítica racional está a favor da potencia quente, dos sentimentos.

Já gostei de muitas pessoas,de muitas coisas, ja desisti muitas vezes, ja dei de cara no muro mais ainda. E depois de tudo que já passei com meus poucos anos de vida, aprendo cada dia mais.

Ainda acho que nada te da mais gosto de viver que Amar,

Amar é perdoar,
Amar é entender, ver o outro lado sem resistencia ou medo, é se entregar a um calor absoluto.
Confesso que às vezes tenho medo deste sentimento ele balança ideais, mistura as ideias.... mas essa é a parte racional que tem, porque amar é ir ao desconhecido e cada dia ter novas experiencias.

Acredito que em breve estarei pronto para largar tudo e ir atrás do que eu sinto.
=}

Um comentário:

  1. Bruno "B"4 de agosto de 2010 09:10

    Vini, o amor, por muitas vezes, é um caminho sem volta. É algo que não procuramos, e sim, achamos. 99% das coisas na vida são explicadas através do amor, e esse 1%, se não é, está ligado indiretamente com ele. Busque sempre sua satisfação pessoal, e deixe que seu eu interior absorva tudo de mais maravilhoso que existe dentro deste sentimento.
    Fica com DEUS. B

    ResponderExcluir